6.22.2007

Mesmices

Oi gente, ontem eu tive um troço no fim do dia, passei mal e desmaiei no ponto de ônibus.
Mas vamos ao tema de hoje:
Sabe, estava lendo algumas coisas, e percebi uma interessante – como é difícil encontrar colunistas e poetas que escrevem com a alma e o coração.
Aqueles que fazem a gente chorar, se emocionar. Aqueles capazes de nos fazer ler um texto enorme, entender tudo, compreender a razão e a lógica de tudo.
Sinto falta de novelas mais emotivas, com tramas envolventes, páginas da vida? Que coisa rídicula!


Sinto falta de literatura, de poesia, dos contos populares, de épicos envolventes, de tramas bem trabalhadas, hoje virou uma mesmice.

As colunas de jornais e revistam retratam as mesmas coisas, seja no futebol, na política, moda, culinária, mulher, ninguém tem mais idéias novas e diferentes.



Me desejem boa sorte, na segunda-feira tentarei ir ao posto de saúde tentar uma consulta, mas eles só atendem 30 pessoas por semana. Há quem dorme na fila, enquanto isso, seu Renan vende os bois, seu vavá curte a boa vida e dona marta relaxa e goza.


E o Freak é o cara que mais tem tempo!agora ele tem dois blogs, alem do De 1984, agora tem o MELHOR NÃO, visual show de bola, ótimos textos, vai lá conferir e se você precisar de aulas de cálculo, física, basta dá um toque nele..rsrsrs.
O Julio está a procura de um monitor novo em folha, quem quiser dá um toque nele lá no Ponto.


Agradeço a visita de Erika Bonazzi dona do “EU E MEUS PARADOXOS”
Você está ouvindo Lenha na voz de Zeca baleiro.
Essa imagem estava vagando aqui nas minhas idéias. Daqui alguns dias iremos fazer uma confraternização blogueira, diego me indicou Gladys que viu o blog do julio, eu fui no julio e achei o 100 crises que localizei o Arroto e por lá cheguei ao Notas descabidas.
Bom final de semana a todos.
Beijos da Iara

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Regra geral: Bom senso.
- Siga-me no twitter: @iarana.