6.03.2007

A VIDA COMO ELA É

Estou muito triste, papai tem 66 anos, fará 68 dia 12 de junho, vem há tempos tentando aposentar-se, mas não consegue, sempre tem algum empecilho do INSS.

Eu me revolto, porque vejo estes ladrões desgraçados usar o dinheiro público, enquanto pobres pessoas aguardam a boa fé dos funcionários do INSS atendê-los.
As vezes tenho desejo de ter em nosso país um maluco como Bin Laden.
Seu Antônio é um homem simples, da roça, de costumes antigos, é daquele que espera que um rapaz primeiramente peça minha mão em namoro a ele e só depois me beije. (eu ainda não achei um homem pra pedir minha mão a ele rsrs)
Sinto-me tão triste por ver a tristeza dele e não conseguir fazer nada.

Ele viajou recentemente a Goias, pra tentar por lá e não conseguiu, ele fica lá em casa, sentado no sofá, cabisbaixo, inquieto, não tem profissão, não estudou, não fez nada e está velho.
Só lhe resta ouvir as modas de violas que ele gosta. Eu não sei o que faço, porque mal consigo me sustentar, olho pra ele e vejo um homem que fez quase tudo errado na vida, teve oportunidades? não sei, talvez sim, talvez não.


Ele gosta muito de Milionário e José Rico, me ensinou a gostar de música sertaneja e moda de viola e amar o Flamengo. A foto foi tirada há 3 anos, em março/2004, na minha formatura. Papai, eu e mamãe.

Em consideração a ele, hoje volto as minhas origens, e dedico ao amigo, gentil, simpático Xico da Kombi, baiano de Irecê, botafoguense fanático, dono do blog VOU DE KOMBI, ofereço com carinho: na voz de Milionário e José Rico, " O Ultimo Julgamento" letra de Léo Canhoto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Regra geral: Bom senso.
- Siga-me no twitter: @iarana.