9.05.2008

Dificuldades para aprender

11


Oi pessoal,

Sei lá o porquê desse artigo, daquelas seções "As lembranças da Iara".

Quando estudei o primário eu ficava na turma dos mais fracos, existe um termo mais "pedagógico e bonitinho" eu só descobri depois de muito tempo, eu estudei o primeiro ano fraco e depois eu fiz o primeiro ano forte. A 2ª série eu ficava na turma "b", tinha uma turma que desempenhava melhor e outra com dificuldades de aprendizado. Coisas dos anos 80, acho que hoje eles não dividem mais, apenas dão mais atenção e encaminham para os ditos "especialistas'.

Curioso como eu tinha uma dificuldade de falar algumas palavras (até hoje eu evito algumas delas, fica pra outro dia tá bom??eu falo sobre isso) e de usar as mãos. Por exemplo, eu lembro que uma vez me deram o pato donald para eu colorir, eu nunca pintava bonitinho, toda vez eu ganhava o polegar pra baixo, (esforce mais) eu começava rabiscando lado a lado e depois eu pintava fazendo círculos, horrível!!

(eu achei meu caderno velho por isso lembrei do assunto).

Porque diachos professores tem que carimbar o caderno??
Será que até hoje eles carimbam caderno? na minha época elas levavam pra casa, o meu caderno sempre teve florzinhas, margens, eu era arrumadinha e limpinha. (na faculdade tudo mudou)
Eu não me esforçava, engraçado, lembro claramente que eu odiava as aulas de pintura, quando a professora (jamais chamei de tia, lembro do nome dela - Rosa Maria) vinha com aquelas brincadeirinhas de grupos, tipo, olhe o seu amiguinho e faça um desenho, uma vez eu pintei um menino metade animal metade gente, ele veio pra cima de mim e jogou a cadeira em minhas pernas.

Claro que eu não revidei e me escondi debaixo da mesa da bendita professora, depois disso eu e o cidadão, (meu Deus cadê esse cara?? qual o nome dele??)..voltando ao assunto, eu e ele ficamos de castigo, de joelho na frente da sala até a aula acabar e minha mãe foi convocada para uma reunião.

Depois disso eu também por pirraça me recusei a desenhar e pintar (pensa na personalidade com 10 anos!!) claro que isso nao ocorreu, tive que desenhar mais e mais e fazer ditado, eu detestava ditado.

Eu era uma boa aluna, tinha boas notas, mas não conseguia aprender as coisas com rapidez que os demais, isso me chateava muito, até hoje, eu perco-me quando alguém me interrompe, pra vocês terem noção, eu tive que apresentar minha monografia 4 vezes, eu me perdia durante a explanação.

Porque ninguém tentou ajudar na escola?
Pelo menos hoje já houve muitas mudanças na educação infantil, hoje tem psicopedagogos, fonoaudiólogos, etc, quando percebem que uma criança tem comportamento diferente, mesmo as escolas públicas, eles tentam melhorar. mas ninguém se importou comigo, vai ver era porque eu não morava com a mamãe e papai, não tinha ninguém que cuidasse de mim.

Beijos e bom fim de semana a todos, segunda-feira é feriado aqui, é dia do padroeiro ou é padroeira da cidade.

Fonte da imagem

Powered by ScribeFire.

11 comentários:

  1. hauahuhauahu

    RI muito com esse post ahuahua

    foi engraçadooo!

    acho que é Padroeira do Estado, Iara.

    ResponderExcluir
  2. Na escola brigava muito. Era o protetor dos fracos e oprimidos, e também oprimia outros fracos.

    Só na quarta série que a professora Graça além de reconhecer a facilidade e agressividade também me mudou de categoria, dos médios para os fortes. Assim, eu passei a ser forte e forte.

    ResponderExcluir
  3. Iara eu sempre fui da turma dos fortes, nunca fui boa aluna, mas quando queria, aprendia rapidinho e tirava boas notas,o difícil era querer.Meu filho do meio teve problemas de aprendizado, ele é ambidestro, segundo os especialistas que o ajudaram ele teve problemas por isso, ele escrevia com as duas mãos, ficava trocando, e isso dificultava,foi o que disseram, e tivemos que orientá-lo para se definir, hoje ele é mais sinistro, mais ainda assim algumas coisas faz, com a direita outras com a esquerda. Já mais novo aprendeu a ler sozinho, pense no susto quando percebi que ele lia de verdade, revistas de quadrinhos e outdoor, ele lia todos, com 3 anos.Bom fim de semana. beijos. Lugirão

    ResponderExcluir
  4. Correção: Já o mais novo aprendeu a ler sozinho.

    Lugirão

    ResponderExcluir
  5. Iara, eu vou deixar um recado para o Adão Braga, eu já tentei por duas vezes acessar o teu blog, em dias diferentes e não aparece o conteúdo para mim, só aparece a barra lateral esquerda, por algum motivo que desconheço, não aparece nenhum post. Se souber o porque, me conte, no Voz. beijos

    Lugirão

    ResponderExcluir
  6. Tenho boa lembranças da escola. Fui muito bagunceiro. Tive muita dificuldade de adaptação, meus pais viviam mudando... quase todo ano era uma escola nova, sofri um pouco com isso.

    Nunca gostei de desenhar, colorir ou pintar... qualquer trabalho artistico me deixava desmotivado.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Sempre fui da turma do fundão, mas sempre me garanti. Bjus e bfs.

    http://so-pensando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Fala winni!!

    LUGIRÃO: que coisa, bem, eu tinha muita dificuldade mesmo, talvez eu ainda tenha, ou so conseguir esconder com facilidade.
    eu falo pra ele, eu abri normalmente.

    DRAKER: eu mudei apenas 3 vezes de escola.

    ResponderExcluir
  9. é Iara, sua semana foi pior que a minha então hauahuahahuhauau

    quase q não aguento aquele tempinho q a gente ficou lah

    ResponderExcluir
  10. Iarinha, eu uso o recurso de carimbar cadernos(pasmem) em turmas de noturno porque eles precisam de uma nota extra, porque as notas vindas de provas são um desastre.

    Não gosto disso, mas senão fizer, terei uma sala inteira com notas vermelhas, e no ensino público, é proibido repetir(progressão continuada...)

    Beijos! Tenha um ótimo fim de semana. ;o)

    ResponderExcluir
  11. Passando aqui para convidar você a ler e freguentar meu mais novo blog, e é de sátira política:

    www.meiaspalavras.myblog.com.br

    Jogue suas meias sujas no cesto de lixo também. Bjus.

    http://so-pensando.blogspot.com

    ResponderExcluir

- Regra geral: Bom senso.
- Siga-me no twitter: @iarana.