11.21.2008

Eu fui assaltada..de novo!


Fala pessoas,

O trabalho está demais e estou sem internet, por algum motivo que ainda não sei, minha internet está sem sinal.

Como desgraça pouca é bobagem, na quarta-feira passada (19/11/08) eu fui aquela consulta que já falei para vocês, então, por volta das 20 hs, quando eu estava chegando em casa de mami e papi em Paraiso-TO, um elemento desconhecido aproximou-se de mim e roubou minha bolsa, ele estava de bicicleta e foi muito rápido.

Pela segunda vez!!!! vejam nesse post como foi da primeira vez, eu já tinha medo de escuro, de bicicletas, agora eu estou é com trauma, ando pelas ruas com medo de qualquer coisa.

Na bolsa tinha as chaves de casa, do trabalho, minha carteira de trabalho, cartões do banco e de crédito e uns R$ 180,00, celular, um bucado de coisas.

É assim, a gente trabalha, guarda as coisas, faz tudo direito e ainda vem um cidadão e rouba tudo!!! :(

É muito triste. No momento eu entrei em choque, tive um troço, já até me conformei.

Beijos e bom final de semana a todos.

16 comentários:

  1. Felizmente te levaram só a bolsa, Iara.

    ResponderExcluir
  2. Ah, é uma m**** mesmo. Eu já fui assaltado e fiquei muito revoltado. Na próxima, não leve tanta coisa na bolsa =[.

    Mas como disse o Johnny, felizmente só levaram a bolsa. "Vão-se os anéis, ficam-se os dedos."

    ResponderExcluir
  3. Ô Iara,
    Fica triste não!
    Como disse Johnny! Foi só a bolsa, ainda bem!
    Mas, realmente dá uma revolta muito grande.
    Que direito estas pessoas tem de levar o que não é deles, o que eles não tiveram o esforço para conseguir. Ah neeeemmmm! :(
    Tenha um bom fim de semana! Fique com Deus!
    Bjks com carinho!

    ResponderExcluir
  4. Iarinha, o importante é que você está viva e pronta para conquistar o mundo! :o)

    Descanse bastante! Tenha um ótimo fim de semana.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  5. Olá Iara, fico muito triste que tenha acontecido isto. Não concordo também com a situação de trabalharmos ás vezes (ou sempre) mais que 8 horas por dia, e uma pessoa que não faz nada o dia inteiro venha "tomar posse" de nossas coisas desta forma.
    Mas agora você deve prosseguir, ir adiante e recuperar seus pertences e conseguir ainda mais, batalhando. Pois estará em paz, sabendo que tudo que tem vem do seu trabalho e não desta forma estúpida como esses indivíduos conseguem as deles (digo as nossas).
    Tenha uma ótima noite, um ótimo fim de semana.
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Pra os furtos extingüirem, só trocando de povo.

    ResponderExcluir
  7. Fiquei triste com essa notícia. É foda essa criminalidade de hoje em dia. Bjus e bfs.

    http://so-pensando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. A todos muito obrigada pelo carinho e as palavras...
    bem, agora ficou o medo...

    ResponderExcluir
  9. Iara, eu já fui assaltada e o pior, não foi o que me levaram em dinheiro, bolsa, o que mais me indignou foi a sensação de impotência, de ter que dar o que é meu de direito para um elemento, que não fez nada para merecer isso, e que se acha no direito de colocar uma arma na minha cabeça e até tirar a minha vida se assim o desejar, e ainda leva a nossa auto confiança, pois quem já foi assaltado não tem mais a tranquilidade de antes.

    Bom domingo, e bola prá frente. beijos

    ResponderExcluir
  10. Minha menina! Que susto! E a gente sempre fica com medo depois, mesmo. Mas, dos seus amigos, sinta o apoio, e se precisar de alguma coisa, fale.

    ResponderExcluir
  11. Olá Iara,

    Não a conheço, cheguei aqui por acaso; me comovi com a situação.

    Fico triste pelos seus pertences, mas embora seja algo extremamente chato, realmente é o menos importante. Dê graças a Deus por poder levantar-se para a vida a cada manhã.

    A natureza caída do homem não lhe permite evitar o mal, por isso o mundo está desse jeito. E isso não diz respeito somente aos que estão à margem da sociedade. "Não há um justo sequer; não há quem faça o bem". Todos, por mais bonitinhos e "morais" que sejamos, em maior ou menor gráu, estamos repletos de debilidades. Como alguém disse "não faço o bem que quero, mas o mal que não quero, esse faço".

    Que todos saibamos reconhecer nossas próprias transgressões e que não é pelo mérito de nossas "boas obras" que poderemos vir a ser declarados justos. Que nos rendamos aos pés dÀquele que por Sua misericórdia e graça pode nos regenerar e nos justificar.

    Que Deus te conforte e te restaure o ânimo.

    Abraço,
    Fabrício.

    ResponderExcluir
  12. olha...

    eu nunca na minha vida fui assaltada...

    e sou muito traumatizada com um monte de coisas...
    acho que se isso acontecesse comigo eu nem saía mais na rua!!

    ResponderExcluir
  13. Oloco Iara! Novamente? Que porcaria não hein. Sinto muito por isso :( . Mas não se conforme, tem que ficar puto da cara com essas coisas mesmo, tá loco.

    ResponderExcluir
  14. Tenso. 180 reais e celular é tenso, mesmo.

    Me assaltaram a uns dias atrás, mas foi só 10 reais e o celular. Digo só, porque o celular não tinha crédito, não recarregava crédito(bloqueio reminiscente da vez que o perdi, vivia na base do plano Controle) e nem sequer era um modelo bacana. Levando em conta que vivo há quatro anos em cidade grande pegando ônibus todo dia, eu devo ter muita sorte. Claro que andar muito mal vestido ajuda! :D

    Mas é tosco pra caramba. Mas tem que superar. Se conformar, não. Superar, sim. Muita sorte!

    ResponderExcluir
  15. Já passei por situações parecida com esta, Mas nunca entrei em choque, é de cada pessoa, graças a Deus estou vivo até hoje. Abraços

    ResponderExcluir
  16. Por coisas assim que não tenho pena de ladrão que policia mata! O sujeito levou pelo menos 20 dias de seu trabalho!

    ResponderExcluir

- Regra geral: Bom senso.
- Siga-me no twitter: @iarana.