4.14.2009

Como você analisa a qualidade de seus artigos na web?

18

liberdade pra tudo


Resumo
Como vocês julgam ou melhor, “analisam”a qualidade ou a repercussão de um texto em seus respectivos blogs?? Esse é o primeiro de uma série de 5 textos que pretendo fazer sobre a arte de comentar em blogs, claro, pretendo postar aqui os melhores comentários que já recebi no blog, assim como os que já presenciei em outros espaços.



Oi pessoas
Esse negocio de blogar é um causo serio, estava aqui a contar os meus botões (apesar de não estar usando botões) mas é de forma genérica eu estaria usando, então, estive perguntando-me como vocês julgam ou melhor, “analisam”a qualidade ou a repercussão de um texto em seus respectivos blogs??

Como você sabe se o seus amigos, leitores, visitantes, seja lá qual nome for, gostaram??
No meu especifico caso analiso pelos comentários. Comentar a meu ver é um arte, é muito mais que ter um blog, é muito mais que um texto, o comentário é a alma do blog. Porque?
Ora , ora, quando eu abro um blog, um fórum, um artigo, ao ponto de parar pra ler o texto todo, se eu completar a leitura e tiver gostado, se aquele texto me despertou pra discuti-o, criticá-lo, opor-me ao conteúdo, esse é um texto excelente.

Então, voltando pro Mais Atitude (retire o ‘s’ do final, não sei se reparam na mudança) quando eu vejo um artigo meu com até 7 comentários (excetuando os meus), eu julgo um texto mediano a normal, nada de diferente, menos que isso, é péssimo e ninguém curtiu, se tem até 10 comentários, eu diria que se trata de um bom texto, de 15 a 20, eu julgaria como um ótimo artigo, acima desse numero, eu analiso como sendo um artigo super interessante e que a galera gostou.

Obviamente que analisar dessa forma pode ser incoerente, pois muitos blogs super visitados, com textos linkado pelo Ueba e afins, pagina principal de Blogblogs, Dihitt, essas comunidades “sociais” (que o povo diz que blogueiro precisa usar mas os proprios não usam), com trocentas visitas únicas e tal, recebem uns 2 ou 3 comentários vazios e inexpressivos, já vi bons textos de gente graúda receber menos de 10 comentários e uma cacetada de trackbacks, (leia-se interney e etc) então, será que esse texto não prestou? Não foi bom?

O fato é que alguns assuntos e temas bem específicos tem a capacidade de chamar nossa atenção, o melhor é quando o texto chama a atenção, consegue ser linkado por vários weblogs, é bem visitado e recebeu um numero bem interessante de comentários.
Porem, um cuidado precisa ser tomado, a quantidade de comentarios para analisar a qualidade de um texto tem um limite, exemplo perfeito é o caso do artigo do mal humorado Jnoronha do blog o Fim da Varzea, onde ele aponta segundo suas próprias definições os 50 piores blogs de 2008, vejam bem, tem ate a presente data 240 comentários, cada comentário triste!!!você acha que alguém terá paciência pra ler tudo aquilo?? pra responder tudo?? dificilmente!

Em fim, há quem goste de tomate (eu não gosto) e há quem não coma frango. Então como saber?
Equilíbrio, se você fizer um frango apetitoso com tomate, eu como numa boa.
E vocês? Como julgam a qualidade de um texto?
Não venham me dizer que não se importam com isso!! Porque soa falsidade. Pode ser que não se importe todos os dias, mas uma vez ou outra...
#beijosmelinka!
Como percebem, inventei um tal de "resumo" que é um tipo de "idéia central" do artigo, em caso de textos com mais de 1000 caracteres.
Credito da imagem para o site 壁纸来源.

18 comentários:

  1. Pois, tema bem interessante!

    No meu caso, principalmente escrevo para mim, escrevo coisas diversas, gosto de por ideias soltas por escrito, ajuda-me depois a pensar “melhor”.

    Não creio que o nº de comentários seja medida para a qualidade de um texto, um pouco (ou muito) como nos fóruns, muitos apenas vão lendo sem se manifestar, por vezes nos blogos com muitos comentários vejo comentários vazios, tipo: primeiro/ vá ao meu blog que tem coisa nova/etc.

    O que realmente me leva ao “delírio” é alguém (independentemente de concordar ou não) argumentar fortemente sobre o tema.

    Sobre a “comida” (hehehehehe), até se pode não gostar de um determinado item (por ex salada), porem, não vejo necessidade da mandar o prato para trás, basta comer o que nos agrada e deixar o resto no prato!

    Fica bem

    João Gonçalves

    ResponderExcluir
  2. Acho que pouca gente comenta nos meus blogs porque eu comento muito pouco. Normalmente não comento em blogs muito famosos porque tenho a impressão de que o blogueiro não vai nem ler meu comentário.

    O normal mesmo é só comentar nos blogs dos amigos.

    Mas se vale como métrica, eu achei este seu post muito bom.

    ResponderExcluir
  3. Interessante, Iara, porque nunca parei para pensar nisso. Porque eu tenho um blog? Porque eu escrevo em um blog? Eu escrevo porque é uma maneira de eu me expressar,colocando as minhas opiniões e desabafos. Não escrevo para agradar ninguém. A idéia surge, eu escrevo e pronto. Quanto a qualidade, é difícil medir. Há textos excelentes que não tem nenhum comentário por aí, e há textos sofríveis que está bombando.
    Será que o número de comentários é determinante para a qualidade de um artigo? Na minha opinião não, mas fica a dúvida.
    E o seu post hoje está excelente!

    ResponderExcluir
  4. rsrsrsrs, meu blog está lá entre os piores de 2008, bombou visitas.


    Iarinha, comentario não é termometro de qualidade de texto, é termometro de tempo investido na web, eu leio bons textos que não comento, comento textos que são pessimos, mas os textos perfeitos dispensam comentarios, se vc tem uma afinidade maior com o autor, no maximo um "oi".

    Textos muito comentados são os que tem haver com o interesse de todos que leem, pra quem você escreve?

    Sabe qual é o meu termometro, internautas que conheço e que não tem blog, são leitores, não comentam o texto na internet, comentam nos bate papos entre amigos, me sinto o maximo.

    O meu publico não é blogueiro.

    Ja escrevi textos maravilhosos que não receberam comentarios, não era interessante para meus amigos virtuias, mas atingi "meu" publico e eles gostaram.

    Se eu escrever um puta texto e numa reunião de amigos ninguem comentar, aí eu me preocupo.

    Quer ter sucesso na internet? é só escrever sobre sexo, traição e criticar a vida alheia, internauta gosta disso.

    Seu blog é show, gosto da sua simplicidade e sinceridade, esse é o tempero dos seus textos.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Já disse várias vezes, sou egoísta, escrevo pra mim! Quem quiser ler e comentar, que leia e comente e fique a vontade para fazer isso quando quiser! BJus e boa semana.

    http://contesta-acao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Tenho uns 3 ou 4 textos que já passam dos 100 comentários, e as vezes vou lá ler os ditos comentários. Faz bem.

    ResponderExcluir
  7. JoãoEngana-se, ninguem escreve pra si mesmo meu amigo, porque voce perderia um tempo so pra escrever algo pra voce?
    Você escreve porque alguem vai ler, mesmo que não diga nada a você.

    É por isso que me encantei com voce desde o principio, tambem adoro quando alguem mesmo discordando de mim consegue argumentar de maneira clara sobre um tema. E obvio tentar me convencer de que esta certo.
    .....................
    Teilor Bem, eu comento de acordo com a lua, tem epoca que comento em todos os blogs que conheço, tem vezes que so naqueles que me visitam, tem momentos que comento em todos que atualizam seus posts, é por momento pessoal.
    Mas no geral, faço uns 10 comentarios por dia.
    Nos blogs famosos eu tb tenho certo receio em comentar, por um motivo, por eu não me achar importante pro blogueiro e tal.
    Sabe, iara gosta de estilo de teilor também.

    ----------------
    crazyseawolf

    talvez voce não pare pra pensar, mas seu 'inconsciente' faça isso, por exemplo eu nunca vi voce comentar sobre politica, sobre a vida alheia, sobre futebol e celebridades.
    Entao, voce escreve ao seu jeito mas das coisas que lhe agradam, isso é uma escolha.

    ResponderExcluir
  8. Sarahahahahahah viu, tudo pode ter seu lado positivo, e teus amigos não deixou de te acompanhar por conta disso.

    Bem sara, entao o que seria???
    comenario reflete na receptividade do texto junto ao leitor, na receptividade do autor junto aqueles que ali visitam. Muitas vezes eu já passei pelo “os pensamentos de eu e ela” e não deixei um comente, porem há aqueles que deixei não so um comentario, mas fui la ver se fora debatido por alguem ou derrepente teve sua resposta.
    Acho que são esses os posts que fazem a diferença.


    Textos muito comentados são os que tem haver com o interesse de todos que leem, pra quem você escreve?

    Bem, como dificilmente eu terei uma reuniao de amigos, considero esse espaço como tal. Também dificilmente diria pra algum amigo que tenho um blog, namorei um cara e não disse a ele que eu tinha blog.

    Obrigada.

    ......................................
    Daniel não, não me venha com essa nobre amigo Daniel, voce não escreve pra voce, entao porque se esforça em fazer um otimo texto??
    se escreve pra ti, porque muda tanto de blogs?
    Se escreve pra voce entao porque diz o tempo todo que não gosta de falar sobre qualquer coisa?escrever por escrever, não...voce escreve porque tem pessoas dispostas a ler tudo aquilo, a concordar ou discordar.
    Esse é o tempero da coisa.
    ......................................
    Adao Braga hahahahah bem, não tenho nada que chegue a essa marca :(
    vai ver não explorei ainda o tema certo não é mesmo??
    porem sou feliz por ter a audiência de vocês;
    :D

    ResponderExcluir
  9. Por tudo isso que você disse, é que escrevo pra mim! Se eu fosse escrever para os outros, teria um blog voltado para as bizarrices do orkut ou faria MEMES com as "tantas coisas sobre mim". Mudo de blog e me esforço para fazer bom textos, pois sou um crítico de mim mesmo, e quero excelência naquilo que digo. Pessoas vão e vêm, me lêem e me deixam de ler, mas há sempre um leitor assíduo, fiel e crítico de mim, EU PRÓPRIO! Quanto ao seu comentário no Contestação no BBB, estou preparando um post especial sobre o tal programa com direito a Marx e tudo rsrs. Bjus.

    http://contesta-acao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Por que não?

    O seu blog é parte de você, talvez eles se surpreendam com a Iara blogueira.

    Aqui você escreve coisas que tenho certeza que jamais conseguiria dizer a alguém que conhece, mas talvez esse alguém tenha interesse em saber.


    Beijinhos

    ResponderExcluir
  11. DanielEstou te dando opções de voce mostrar claramente as ideias, nao partir pra outro rumo falando de orkut e etc, até porque há otimas coisas no orkut, só depende das pessoas que voce tem como amigo e dos locais que voce frequenta.
    Eu considero blogar como uma tarefa de ser voce mesmo enquanto escreve algo, mesmo que voce fale de forma tecnica sobre politica ou saúde, voce vai imprimir seu estilo, Voce está falando de si.
    Como voce pode criticar voce mesmo falando das sugeiras da politica em roraima? hein??
    ................
    SarahTalvez aí mora o problema, em meu blogue eu nao tenho receio ou medo de ser eu, de ser a iara, de escrever algo errado ou politicamente incorreto, de defender alguns pontos de vista, mas na vida real, a Iara teme e foge, a iara de verdade se esconde...

    ResponderExcluir
  12. Muito interessante o tema!
    Avalio a qualidade dos textos pela sua repercussão. Procuro postar temas com os quais a maioria das pessoas a quem procuro me relatar pode se relacionar.

    ResponderExcluir
  13. Olha Iara!
    Eu já deixei de ler o J. Noronha há muito tempo - quase todos os seus posts são voltados para o Google e não para o leitor - mas enfim, critérios são critérios, e cada um tem o seu.

    Indo a sua pergunta, eu não me fixo pelos comentários. Para mim, isto não justifica se um texto foi bom ou não. Eu penso que as pessoas só comentam em um post quando elas se identificam com o assunto, só isso e mais nada.

    Para saber se tá tudo bem (do jeito que eu espero) no blog, eu tenho uma resposta tiro e queda: o google analytics. Ele me diz tudo o que eu preciso saber.

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  14. Discordo um pouco. Acho que os comentários dependem muito da divulgação do teu blog. Eu posso ter textos ótimos que jamais serão lidos, pois meu blog não é conhecido. Ou posso ter vários comentários toscos de pessoas que querem que eu revide o comentário só pra aparecer no seu blog, mas meu texto ser um lixo. Complicado isso né?! Gostei do debate!

    ResponderExcluir
  15. Iara, ainda não tinha parado para pensar nisso, mas sempre gosto de chamar o leitor a se manifestar, mas muita gente não tem paciencia para comentar, mas é a alegria de todo blogueiro ver o seu texto comentado. Penso assim, e quando escrevo um texto, além de fazer o que gosto, escrevo pensando e tentando, torcendo para que agrade o meu leitor, senão não teria um blog, escreveria e guardaria os escritos.

    Quanto ao Daniel, acho que demos combustivel para que ele fale novamente de BBB, "eu me divirto"

    Adorei a tua idéia.

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Há algo novo no reino da Dinamarca, você citando o Ueba! rsrs Gostei do esquema dos resumos.

    ResponderExcluir
  17. Iara,

    Número de comentários é uma medida muito relativa e sujetiva.

    Para ser representativo em termos de audiência e impacto do post, é preciso considerar o número de visitas (audiência)! Por exemplo, se o número de visitas é baixo, poucos comentários já podem representar um sucesso! Se o número de visitas é alto, mas em geral quase ninguém comenta, pode mostrar que o perfil dos seus visitantes é mais de curiosos e leitores pouco interativos, e nada a ver com a qualidade do texto.

    Na contagem dos comentários não se pode tomar o número absoluto: há que se descontar as respostas do próprio autor, e os comentários "de intercâmbio", como dito aqui por outros comentadores, do tipo "oi" ou "resposta do comentário deixado no meu blog" (nada a ver com o post), e das auto-propagandas (passe lá, tenho meme procê, eis uma amostra da minha poesia, etc).

    Agora, QUEM ESCREVE É PARA SER LIDO. Bobagem de quem diz que escreve pra si mesmo; se fosse assim, nem escrevia ou não deixava publidado em blogs abertos para toda a internet ter acesso. Concordo que quem diz isso, na verdade quer dizer que "pouco importa se me lêem ou não", o que é um pouco diferente, concorda?

    Tem gente que diz que escreve pra si, mas quando comenta nos blogs dos outros deixa seu link (isto não é um convite do tipo "eu quero que venha me ler"??)...

    Iara, muito legal este debate aqui. Gostei principalmente da sua interação (longa e profunda) e da qualidade de seus argumentos, dando atenção a todos que aqui se manifestaram! Fiquei orgulhoso de você!

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  18. O Slogan do meu blog já diz tudo: "A informação que não muda sua vida!"

    ResponderExcluir

- Regra geral: Bom senso.
- Siga-me no twitter: @iarana.