9.25.2009

Das perguntas

Das Perguntas


Tem hora que a melhor coisa a ser feita é não fazer perguntas.
As respostas podem gerar mais questionamentos.
Tais questionamentos podem não ter uma resposta ou a resposta não ser agradável.
Acho que temos mais medos das respostas erradas, apesar de errar ser humano, ninguém espera por erro, mesmo sabendo que isso vai ocorrer.

Imagem por Fernando Stankuns

6 comentários:

  1. Oi Iara,
    Às vezes, não saber é um dom.
    Às vezes, perguntar e obter respostas (boas ou não) é uma dádiva.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Eita que as blogueiras hoje estão nas indagações existenciais, filosoficas, comportamentais... etc

    ResponderExcluir
  3. Oi Iara,

    Tem um selinho prá vc no Arte Imita ...

    Bjks

    ResponderExcluir
  4. Iarinha, às vezes as perguntas traz respostas que não queremos ouvir. É melhor deixar para lá!

    ResponderExcluir
  5. Um professor dizia que não existem perguntas erradas! Bem, o que pode existir é o momento errado de colocá-las, ou a pessoa errada para respondê-las...

    E, sim: quanto mais respostas, mais perguntas! A cada resposta para cada perguntas, ela se desdobra em mais perguntas. Porque assim vai-se alargando horizontes.

    E num horizonte imenso, podemos nos sentir perdidos. Daí muitos crerem que a ignorância é diretamente relacionada com a felicidade: quanto menos sabemos, menor a ansiedade para se querer saber mais, e mais motivos (não) encontramos para se sentir feliz.

    Medo só tem quem não tem coragem de enfrentar seu próprio medo.

    Até que seu texto sobre perguntas, trouxe mais respostas e afirmações do que perguntas e questionamentos! Não necessariamente certo nem errado.

    ResponderExcluir
  6. Passei prá desejar uma feliz semana!
    Bjs e bjs,
    Balinha.

    ResponderExcluir

- Regra geral: Bom senso.
- Siga-me no twitter: @iarana.