3.05.2011

Mais do mesmo ou não

9

Dar as caras aqui ne minha gente!!

Da esquerda p/ direita: Iara, Ana, Sandra, Rosa e Rosângela, irmazinhas, notaram como somos parecidas? hahhhaa. Eu 31 anos, Ana Mª 39, Sandra Mª 28, Rosa Mª 42 e Rosangela 37 anos.

Então, vou mostrar pra vocês um pequeno efeito do tratamento para perder peso que estou na labuta, como viram no post anterior.
Essa foto abaixo eu tirei no natal, foi a unica, vejam eu com 90 kilinhos, uma baleia mesmo, IMC entre 30,0 e 34,9 Obesidade grau 1,simples 1,65 e 90 kg, imc=33,03. A coisa estava preta. Acima vocês viram de perfil inteiro e abaixo sentada com os culotes à mostra.
Não quero ter 50kg, mas queria algo saudavel entre 65 e 67kg, ainda falta mais uns 10kg pra essa meta.

Mas agora é pior, 3 meses de formula de medicação, agora que o organismo está assimilando as alterações na alimentação, os intervalos, as mudanças, tudo.

O efeito colateral da medicação é terrivel, é uma bomba mesmo, na segunda passada eu fiquei muito ruim sem explicação, fiquei 4 dias sem tomar os remédios porque estava esperando chegar dia 1º e o pagamento entrar na conta, então eis que me atacou algo forte como uma dengue sem febre, os nervos tremeram bastante, a concentração reduz, eu mal consegui falar por 2 dias, como um derrame, mas não é um derrame,  eu fiquei meio boba  e tudo que eu senti foi frio exageradamente, mas a pressão estava normal, 10x8, temperatura normal, não tinha dor, não era tpm, nem estomago, sem dor de cabeça, tentei falar com o medico, mas ele estava viajando, acredito que houve uma dependência química ou não sei o que é mesmo e isso anda me incomodando, até que ponto eu vou chegar pra me sentir bem e bonita??
Sejamos sinceros ne pessoas, ninguém com 90 kg é bem e bonita, por mais que você tente enganar. Eu mal subia as escadas e saia do sofá.

Meus exames de sangue, urina, Colesterol e hormonios são perfeitos, nada, absolutamente nada fora do normal. Pressão é sempre a mesma coisa.
Minha alimentação mudou, o doctor me fez entender umas coisinhas, como mastigar e comer com calma e tranquilidade, sempre sentada a mesa, ele mandou eu comer o que eu quisesse e tivesse vontade, sem esse lance de comer tantas colheres de arroz, suco sem açúcar, bla, bla, bla de muitos, mas, ele exigiu apenas que eu mudasse os horários e intervalos.
Tipo eu nunca fui de comer cedo, não como muito e nem compulsivamente, mas como fora de hora, qualquer coisa e sem tranquilidade.
Me explicou que comer é uma arte, agora eu pego uma colher e saio distribuindo, pouco de cada coisa, primeiro os legumes e folhas e por fim os carboidratos. (eu almoço em restaurante). E nada de fazer aquela mistura no prato, pediu que eu experimentasse por uma semana, comer uma coisa de cada vez, primeiro algo mais macio, tipo um pedacinho de tomate, depois uma rodela de pepino, aí mais um pequeno pedaço de alface, uma colherada de carne cozida, aí um pouco de feijão, aí carne, e por fim o arroz, batata, pure, etc se eu ainda conseguisse comer algo.
Curiosamente deu certo. Tipo na 5a colherada de comida, é como se você tivesse saciado a 'fome'.
Ahhhh e jamais, jamais mesmo, em hipótese alguma eu devo passar fome ou ficar mais de 3 horas sem comer algo, pode ser suco, leite, iorgute, gelatina, maça, laranja, cereal, uma coisa assim.
E jamais ingerir carne frita e massas a noite.
Á noite eu ingiro mais é liquido, sucos naturais, danone, estou me acostumando a isso e agora não tenho mais fome de noite, acostumei a fazer isso.


Uma comemoração com amigos, um fim de semana que comer um churrasco, um dia que dar desejo de pedir uma pizza ou mc'donald não é o fim dos tempos e não é isso que me fará mais magra ou mais gorda. Socializar é importante. Só não vale deixar isso virar rotina.
Nada de fazer o que eu estava fazendo, eu nao comia o dia todo, so um leve almoço, leve porque realmente não curto massas, arroz, frituras, churrasco, pães, bolos, nao gosto, nunca gostei disso mesmo, então isso não mudou, mas eu só almoçava, tomava um suco qualquer de tarde quando tinha ou eu lembrava e lá pelas 8 da noite eu pegava um pão, com ovo frito, mussarela, requeijão, tomate, bacon, amburguer, passava na sanduicheira  e mandava pra dentro, depois sentava na cama e ia usar o notebok e logo mais dormir.
Esqueci da parte que as vezes era as 8 e tinha vez que era ás 22hs.

Sempre foi assim, desde o dia que saí de casa para morar sozinha, ou seja, desde os 20 anos.
O Bromazepan me faz relaxar e dormir muito, antes eu tinha insonia, eu mesmo indo para cama à meia noite só pegava no sono depois das 2, mania mesmo, agora qualquer hora que eu deitar eu durmo o dia e  a noite.

Atividades Físicas.

Ando fazendo  Jump em casa mesmo, obvio tratamento para emagrecer sem atividades físicas não resolve, eu sei disso, não me peça pra sair e ir pra academia, eu não daria conta, eu sei dos meus limites e já tentei e nada, caminhar nem pensar, caminhar é pra mim uma tortura é como penitência, em 31 de vida eu sempre andei a pé, desde muito pequena, era pra roça com mami, depois, eu andava por uns 20 km todos dias para ir e vir da escola na roça=40km diarios, depois, quando fui trabalhar era bem longe do serviço, na faculdade sem grana eu ia para a facul de pé, quase 8 km, nunca morei perto do ponto de ônibus, sempre foi longe. Então meus caros, nao me venham falar em CAMINHAR. Se é pra fazer atividades físicas que seja algo divertido, foi o que o doctor disse, nada de fazer a força ou porque é necessário, por dever, não ajuda, pensei, juntei o útil ao agradável, baixo uns videos, pego umas musicas do flashdance e mando ver,  faço 20 minutos sem parar na cama elástica e faço 40 minutos intercalados. O chato é que é repetitivo e a gente vai se cansando, o docto me fez uma pergunta e estou com ela há 20 dias na cabeça, IARA o que você fazia para se divertir quando era criança???

Silêncio no consultório. Não lembro de nada. Nada, nada, nada, nada. O que aconteceu com a minha memória de criança? eu lembro de jogar queimada e bete na rua, mas eu tinha uns 14 anos, não era criança. Não lembro de bonecas, brinquedos, casinha, coleguinhas, festinhas, parquinhos, pular corda, o que me divertia?? o que me diverte hoje?
Bem, eu gosto de ficar aqui na frente do pc sozinha, apenas eu e o pc e escrever e desenhar montagens no paint, me faz bem, faz bem ao meu corpo e  a minha mente, gosto de ficar procurando musicas no youtube, gosto de ficar procurando listas na net, top dez musicas tocada em aniversários, essas coisas, e gosto de debater assuntos na net, em blogs, twitter, rebater, e séries de tv, que tem haver comigo, adoro seriados, mas série que tenha um personagem como eu, "alone".
Tem um post arquivado com as minhas séries preferidas. Só falta uns detalhes pra publicar, daqui um mês quem sabe eu mostro.
Tentei me enturmar no twitter com a galerinha daqui, mas não me enturmo fácil, sou do tipo esquisita mesmo, e por mais que tento, não me colocam para dentro, eu sei, sinto no olhar, na conversa, não acho um barato sair pra beber com os colegas de trabalho, eu não sei curtir isso e achar bom, qual a diversão de beber cerveja e falar bobagem? eu nem assunto tenho, eu saio sozinha e fico vendo as pessoas juntas sorrindo e penso, porque eu não dou conta.
Mais tarde falo dos efeitos da medicação e de como me sinto em relação a isso,11:30, vou fazer o almoço.
Fique a vontade pra comentar qualquer coisa, qualquer assunto, não temas. Não sou ligada a regrinhas de comentários.
Se quiser falar do BBB também, pode falar, eu vejo ppv e torço pro wesley e Daniel  e por ultimo Diana e eu gostava da natalia. Não gosto da tanaja, nem de maria, mauricio, rodrigo, diogro, Jaque.
Beijos me liguem.

9 comentários:

  1. Quanto tempo sem um texto longo de Iara, e agora, um textão desses, bem informativo, intimo, revelador.

    Você continuou bonita, com 90 quilos. Mas, desde a primeira vez que você escreveu demonstrando a preocupação com o ganho de peso sem uma explicação lógica, contundente. De fato é preocupate e estranho. Feliz porque Iara encontrou o caminho e a alegria de contar a vida dela no blog.

    Não tenho te visto no Twitter, nem no MSN, nem online em lugar algum.

    Thau! Talvez eu saiba os motivos de tudo isto! Um cheiro carinhoso!

    ResponderExcluir
  2. Também não me adaptei ao twitter, Facebook é mais ativo.
    Sabe Iarinha, passei alguns meses trancada em casa, isso que você sentiu pode ser o incio de "sindrome do panico" além do que você descreve eu também tinha taquicardia, uma vez fui sorrida de ambulancia pois meus batimentos chegaram a 300 por min. Segundo o paramedico eu estava sofrendo de "mal subito", no hospital como não havia nada mais do que coração acelerado fui tratada como vitima de overdose, eu não ficava bem se não estivesse por perto um monitor cardiaco, aparelho de medir pressão e termometro, no pronto socorro ia pelo menos uma vez por semana, meus sintomas eram de morte eminente.
    O mais curioso disso é que ja havia alguns anos que eu havia tomada remedios para emagrecer.
    Passei a tomar remedios para controlar os tremores musculares, batimentos cardiacos e dores e depois de muito sofrimento tive a sorte de encontrar um medico que me encaminhou a um psiquiatra, este me receitou mais remedios de uso controlado, nunca tomei, por que tomaria se o que eu sentia era efeito colateral a longo prazo de remedios anteriores?
    Resolvi domar a fera que tinha se tornado meu cerebro, fui garantir serotonina natural, produzido por minhas sensações, hoje, ainda tenho sintomas e terei que conviver com eles o resto da minha vida, segundo os medicos sindrome do panico não tem cura, tem controle, então se sinto meu coração descompassar sem motivo, a perna bambear, sensação de morte ou perigo sem ter um motivo real, eu ja sei, preciso de adrenalina e serotonina, largo tudo e vou ser feliz. Vou fazer coisas que faria se fosse "criança", é bom pra cacete.
    Quanto a alimentação o medico está corretissimo, mas evite comer mais de um tipo de carboidrato na mesma refeição, carboidrato se transforma em energia, energia acumulada se transforma em gordura.
    Ser feliz é um habito e não uma condição!
    Se você estiver feliz o que menos vai importar é o seu peso tanto pra você quanto para as pessoas que gostam de você, existirão sempre pessoas fazendo julgamento, mas essas julgam também as muito magras, as dentuças, "as gostosonas", as autenticas na hora de se vestir, as louras, as negras, as morenas, são pessoas que não estão bem consigo mesmo e a todo custo tentam diminuir o bem estar alheio. Se todo mundo se preocupar em mudar a aparencia a qualquer custo porque não é bem visto pela sociedade, o que será desse mundo?
    Fica bem,
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo seu Sucesso no seu regime!
    Voce está ficando filé...uma gatinha...Linda por sinal,viu!
    Beijão em teu coração!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo esforço. Só me desculpe uma coisa, os rémedios, é que você ainda é nova, mas lá no futuro, como eu, você irá detestar medicamento.
    Eu também não gostav de caminhar, aí na brincadeira me inscrevi em uma corrida de 5km, achei que era loucura, iria morrer, todo mundo preocupado. Quando atravessei a linha de chegada e ganhei uma medalha, me empolguei. Para você ter idéia este ano já corri até 8km. Ainda hoje eu ouvi uma coisa bem interessante: "o correr" está em nosso DNA, somos animais lembra? Tente uma corrida, quem sabe voce não anima-se.
    Beijos - Voce está linda.

    ResponderExcluir
  5. Ah! Já estou te seguindo, segue o meu blog também, amiga.

    ResponderExcluir
  6. qual o nome do remedio que vc toma?

    ResponderExcluir
  7. claudia, eu tomo femproporex, bromazepan, hidroclorotiazida, fluoxetina, e mais um outro que nao lembro agora, se mal engano se chama tiratricol.

    Todos com acompanhamento medico.

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pela determinação! Mas não some, heim? Beijus,

    ResponderExcluir

- Regra geral: Bom senso.
- Siga-me no twitter: @iarana.