2.23.2014

Procura-se um amigo

Eu gosto de escrever meus textos aqui, mas esse do Vinicius representa exatamente o que queria dizer agora:

" Não precisa ser homem, basta ser humano, basta ter sentimentos, basta ter coração. Precisa saber falar e calar, sobretudo saber ouvir. Tem que gostar de poesia, de madrugada, de pássaro, de sol, da lua, do canto, dos ventos e das canções da brisa. Deve ter amor, um grande amor por alguém, ou então sentir falta de não ter esse amor.. Deve amar o próximo e respeitar a dor que os passantes levam consigo. Deve guardar segredo sem se sacrificar. 

Não é preciso que seja de primeira mão, nem é imprescindível que seja de segunda mão. Pode já ter sido enganado, pois todos os amigos são enganados. Não é preciso que seja puro, nem que seja todo impuro, mas não deve ser vulgar. Deve ter um ideal e medo de perdê-lo e, no caso de assim não ser, deve sentir o grande vácuo que isso deixa. Tem que ter ressonâncias humanas, seu principal objetivo deve ser o de amigo. Deve sentir pena das pessoa tristes e compreender o imenso vazio dos solitários. Deve gostar de crianças e lastimar as que não puderam nascer. 


Procura-se um amigo para gostar dos mesmos gostos, que se comova, quando chamado de amigo. Que saiba conversar de coisas simples, de orvalhos, de grandes chuvas e das recordações de infância. Precisa-se de um amigo para não se enlouquecer, para contar o que se viu de belo e triste durante o dia, dos anseios e das realizações, dos sonhos e da realidade. Deve gostar de ruas desertas, de poças de água e de caminhos molhados, de beira de estrada, de mato depois da chuva, de se deitar no capim. 

Precisa-se de um amigo que diga que vale a pena viver, não porque a vida é bela, mas porque já se tem um amigo. Precisa-se de um amigo para se parar de chorar. Para não se viver debruçado no passado em busca de memórias perdidas. Que nos bata nos ombros sorrindo ou chorando, mas que nos chame de amigo, para ter-se a consciência de que ainda se vive."

Creditos da Imagem
Where am I? 1.14 by DorottyaS on deviantART

7 comentários:

  1. Respostas
    1. Vou ter que marcar de ir ai ver umas series e bater um papo com voce e sua esposa. :D

      Excluir
  2. E, quanto ao texto, é de fato um texto que se desejaria ter escrito!

    ResponderExcluir
  3. Excelente o teu texto, encontrar amigos está cada dia mais difícil.
    Fazia muito tempo que não navegava, bom vir aqui e ver que continua escrevendo.
    Faz tempo que não escrevo,tenho sentido muitas saudades dos bons tempos de net, mas a vida as vezes fica muito corrida... me falta tempo para me dedicar ao blog e aos amigos virtuais.
    Vi o comentário do Adão, sinto saudades de todos! Bom carnaval!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiii Lucia!! nossa que saudadesssss lembrei um tempo atras como a gente de esbarrou na blogosfera... e la se vai nao sei quantos anos!!!
      Volta a escrever, nem que seja umas poucas linhas.

      Excluir
  4. Oi Amiga!
    A ti, tudo!
    Saudade de você, daqui, daí...
    Voltei pra visitar aqui e leio este bom desabafo, filosofia.
    O poeta (VdeM?) soube bem resumir o desejo de como um amigo seja.
    Ah, não gosto de rolar na grama ou capim: coça muito, depois! rsrs
    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Tem muitos amigos disposto a falar , mas muitos poucos a disposição de ouvir!

    ResponderExcluir

- Regra geral: Bom senso.
- Siga-me no twitter: @iarana.