9.25.2008

Dificuldade com relacionamentos

Oi pessoal,

A cabeça da gente é algo complicado mesmo, tem horas que me pego me perguntando porque ainda não tive um relacionamento amoroso sério.
Antes de começar, eu iniciei esse meu questionamento mental, depois de ler Johnny Rox por ele mesmo.
E aí me vem logo a resposta: Iara você gosta de estar sozinha!! você curte ter sua liberdade!!!então essa resposta me assusta muito, me assusta o fato de no sábado a noite, enquanto muitas garotas de vinte e poucos estão na balada, eu estou vendo qualquer coisa na tv ou na internet, me assusta mais ainda, o fato de me irritar, se por acaso, naquele sábado, aparecer uma visita.



Ter que sair do meu mundo para fazer a vez "social" com alguém me deixa nervosa e impaciente, pra eu ter um "piti" é só me perguntar algo, eu não consigo ter nada em mente pra conversar com a visita, tudo que eu quero é que ela saia logo.

Como eu vou encontrar alguém se eu não estou disposta a abrir mão de minha liberdade e do meu jeito de ser??
Já pensou, tipo, naquele momento, vocês sabem qual, eu falo assim: - Vamos fazer a saideira, bem rapidinha, porque tenho que postar no meu blog!!!

Ai que horror!!!será isso tem jeito??help?

O que outros blogueiros escreveram sobre o tema nas redes:



Powered by ScribeFire.

36 Comentários:

Johnny Rox disse...

Algumas pessoas têm vocação pra eremita. Simples assim.

Iara disse...

Jonnh: nem é tao simples assim.

Johnny Rox disse...

O link para o seu email está como inexistente no Google. Acho que você colocou um caractere a mais.

Johnny Rox disse...

Ninguém precisa gostar de badalação para encontrar alguém especial.

Até porque, barzinho, forró, não é o melhor lugar para encontrar alguém que esteja afim de algo mais duradouro que uma noite.

Existe uma pessoa certa pra você e esse cara está por aí dando suas cabeçadas. Quando se encontarem, você não terá dúvidas. Nem ele.

Vocês vão bater o olho um no outro, e vai se abrir um clarão de simpatia, uma impressão de que já se conheciam.

Quando conheci a minha mulher, bastou uma conversa, e eu tive certeza de que era ela. Não precisei conquistá-la, nem ela a mim. Já estávamos prontos um pro outro, e a coisa pegou fogo. 8 meses e já estávamos nos casando. Não tínhamos nada, móveis, eletrodomésticos, nada. Só uma vontade enorme de ficarmos juntos.

Eu não sou religioso, mas se eu estivesse solteiro hoje, eu entraria para uma igreja.

Quando chega a hora, as circunstâncias colocam um cara na sua vida. E você vai passar por tudo de bom e de ruim. Vai maldizer o dias em que reclamava de solidão.

Bruna disse...

Não se preocupe com isso meu anjo...
o que é pra ser teu um dia vai ser...
mesmo que ele não goste das mesmas coisas que vc..
eu sei isso por mim...fiquei tanto tempo procurando alguém com quem eu me identificasse, e quando eu menos esperei surgiu meu "antônimo"...e uma coisa eu posso te dizer com toda a certeza...

SOMOS MUITO FELIZES!!

"não corra atrás das borboletas, deixe o jardim mais belo para que elas venham até você!"

abração...

Kazuya-kun disse...

Não se preocupe, Iara. Como o Johnny disse, Ninguém precisa gostar de badalação para encontrar alguém especial. Talvez vocês discordem, mas na minha opinião, quem vai procurar alguém especial em balada não quer realmente um amor, e sim alguém com segundas intenções ou outras coisas inapropriadas para o horário.

Johnny Rox disse...

A propósito, belas pernas.

crazyseawolf disse...

Eu te entendo, pois eu também vivo esse dilema. Não consigo entrar de cabeça num relacionamento sabendo que terei que deixar de fazer as vezes as coisas que gosto.
Quando estou num relacionamento sinto como se eu estivesse preso em uma gaiola, uma verdadeira claustrofobia.
Mas ainda estou a procura daquela que seja perfeita para mim!!!
Beijos!!

crazyseawolf disse...

Nossa, agora notei lá em cima... belas pernas mesmo!!!!

Eu e Ela disse...

Iara, sempre fui muito namoradeira, mas meus namoros nunca passaram dos 6 meses, os que valiam a pena investir, quando chegava a hora em que ou era o que eu queria ou o que era bom pra nós dois, eu dava no pé.
Meu primeiro casamento se deu aos 3 meses de namoro, durou mais um ano e meio, meu atual foi bom mesmo apenas nos primeiros meses, é uma relação que vale a pena desde que eu abra mão de algumas coisas que nunca consegui, estamos num cabo de guerra há 12 anos, somos dois aquarianos e quando cedemos é na marra.
temos vida social individual e outras coisitas mais.
Mas quer saber??? nada melhor do que estar bem, mesmo que seja sozinho.
Minha irmã é solteira por opção, tenho amigas assim também, algumas nem tanto por opção, mas aceitaram o fato de não conseguirem alguém que entendesse a individualidade delas e são muito felizes, mais do que muitas baladeiras.

E quem disse que vc tem que ter uma vida social agitada pra conhecer alguém legal?
Quando tem que ser é e ponto.

Beijos

~~ Sereiah ~~ disse...

Iarinha, minha amiga, eu só tenho achado é você muito desanimada... O jeito é tomar um banho energizante, com pétalas de flores, incenso, música zen...Eu nunca fui de baladas e sair prá conseguir namorado até que numa festa que eu não ia(resolvi na última hora, fui com uma roupa qualquer) conheci meu maridão! Ânimo! Coragem! Força! Vamos em frente que atrás vem gente! Bjks

Lilian Pavan disse...

Iara,

Relaxe querida!

As vezes estamos tão centralizado no trabalho, na família, em ajudar o outro que, esqueçemos de nós mesmos... esqueçemos dos nossos sonhos.

Quando caimos em si, percebemos que estamos sós... tudo mundo esta casando e nós ficando p/ tráz, não é mesmo?

Pegue um final de semana é faz um bate volta na praia sozinha ou acompanhada... faça um piquenique... vá um parque de diversões...

faça por você Iara! Pense um pouco em você!
São essas pequenas coisas na vida que nos fazem tão bem e feliz!

Eu não sou expert no assunto... sou eterna aprendiz.

bj no coração e Carpe Dion

Iara disse...

Oi JONNH: Mas é que me pergunto, porque eu fico em casa o tempo todo, como eu conhecerei alguem assim?? será que ele vai me enviar um email?? um comentario no meu blogue??
Por outro lado eu nao faço nada pra melhorar, cada dia eu fico mais no meu canto.
nao entendo, eu coloquei certinho o nome do email, ué?

BRUNA: Eu já estou com quase 30 anos.

KAZUYA: inapropriadas?? rrsrsrsr ahh sei lá, eu acho que se a pessoa sai pra festas, shoping, clube, praia, tem mais chance de encontrar o principe.

Vida linda disse...

Ai A RESPOSTA é esta gostar de ficar sozinha??
Nossa ,eu quero ter um relacionamento casa e tudo,mas sou como vc não saio fico em casa o tempo todo e ele não vai aparecer na porta...
Eu já não sei o que fazer, eu tasmbém prefiro ver tv em casa ou dormim do que ficar na balada..
HHHHHHHHHHHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

vidalinda disse...

Ai A RESPOSTA é esta gostar de ficar sozinha??
Nossa ,eu quero ter um relacionamento casa e tudo,mas sou como vc não saio fico em casa o tempo todo e ele não vai aparecer na porta...
Eu já não sei o que fazer, eu tasmbém prefiro ver tv em casa ou dormim do que ficar na balada..
HHHHHHHHHHHHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Iara disse...

crazyseawolf :
ahahah!! jurava que era casado. Sinto-me assim, talvez seja por isso que nunca namorei mais que 3 meses com uma pessoa ou seja por isso que nao encontrei a pessao certa que me dará o espaço necessário.
Pelo menos voce procura....eu espero.

Eu e Ela

sarah eu penso que se eu fosse mais 'moderna" mais saideira eu conheceria mais gente.É triste chegar a um final de semana e escrever assim no msn: "que tédio" simplesmente porque não tem uma pessoa pra voce sair, e porque gosta de ficar nauqela vida.

Sereiah

Realmente uma onda de desanimo me contagiou...:(

Iara disse...

Lilian Pavan ...

Pior, a gente se preocupa tanto em melhorar de vida, em ter aumento de salrio, arrumar uma casa, preocupamos com os pais, que esquecemos que viver é muito simples..

Piquenique?? Eu sozinha?? Ixi...vai ser esquisito..mas daria uma boa historinha pro blogue rsrsr

Vida linda
Que bom, isso mostra normalidade.
Eu tenho é medo de não conseguir por conta do meu gênio.

============
Valeu pessoal, estive ofline o dia quase todos, a manha sem energia, tarde tive que resolver uma pendenga..
Ahhh só pra avisar, aquelas pernas não são minhas.
Eu usei apenas pra chamar atenção, pois ninguém havia elogiado ou visto a minha fotinha.

Teilor disse...

Parece que existe uma cultura de que um ser humano para ser normal tem que gostar de balada. Eu não gosto de balada, ainda mais porque tenho problemas visuais que tornam um martírio estar no meio de multidões.

Sou super na minha e convivo bem comigo mesmo. Sou o tipo de pessoa que não preciso estar cercado por um monte de gente para me sentir "gente".

adaobraga disse...

è bom mesmo se preocupar, afinal, você tem um estilo de vida que aparetemente, é contrária a vida a dois. Entretanto, há pessoas que gostam da vida assim, num momento destes, aparece um homem que te agrade, você pode até mudar esta sua vidinha, este seu jeito de ser... ou quem sabe, um homem que goste, e queira uma mulher assim... pois, ela terá a liberdade de ficar em casa, ele a liberdade de sair pras baladas, e ambos, tem entre si um relacionamento.

Tudo se ajeita!

Daniel disse...

Acredito que um bom relacionamento é conseção. Um sede daqui, outro de lá e tudo se ajeita. Também gosto da liberdade que tenho, todavia, quando estou com alguém sou mais flexível, senão não tem como dar certo. Bjus.

http://so-pensando.blogspot.com

Iza disse...

Olá!
Acho que tudo acontece a seu tempo. Se está bem assim, continue assim.
Te digo que quando aparecer a pessoa por quem você se apaixonará, não vai ter saída...
...o mundo muda de cor nos primeiros momentos em que se conhece a pessoa amada.
Faz umtempinho que ando por aqui, adorando este
lindo espaço.
Beijos!

Iara disse...

Teilor

Eu acho que gente veio ao mundo pra se misturar. Então é normal a gente se sentir anormal quando conversamos com o computador.

Adão Braga
Eiitatata..eu dou liberdade e ele me dá liberdade, mas sem extravagâncias.

DAN
Você é um romântico sem limites, ceder é com voce mesmo.

Iara disse...

IZA
Seu blog está uma graça!!!
Espero que mude mesmo, uma vez um amigo de brasilia me disse que não precisa mudar nada, basta a gente se sentir segura e a vontade com a pessoa.
Bem, sendo assim, ainda estou esperando, porque eu nunca me senti a vontade com meus ex namoricos.
volte sempre a casa é nossa.

Jorge C. Reis disse...

Tem um prémio para ti no meu blog
Abraço
Jorge

Lilian Pavan disse...

kkkkkk.... realmente Iara, fazer piquenique sozinha é esquisito. Piquenique é sempre bom fazer com alguém... se não tiver os amigos p/ isso, pode ser os sobrinhos, o filho do vizinho... só não pode ficar sozinha.

Agora, o que seria legal fazer um programa sozinha é um bate volta na praia, no riacho, num parque... coisa rápida sabe!? Só p/ dextressar... rsrs...

Bj no coração linda

Luiz Vieira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kelson/J. Luiz disse...

Dizer que é um texto bacana é chover no molhado. Mas e daí? É legal mesmo, gosto da maneira que dispõe as idéias, gostei das figuras de linguagem deste último texto... Sei bem o que é um sábado de ostracismo. Fluxo psicológico...

Voltarei uma outra vez.

J. Neto disse...

Iara
Falar de relacionamentos não é muito complicado quando encontramos a pessoa certa.

Tenho uma tag lá de 'relacionamentos'. Tudo o que eu penso do assunto. Afinal também tive minhas dores, mas há que se ter paciência.

Tô com saudade de você!

csspadroes disse...

Oi Iara
Bom como haviamos conversado, estou criando um Template que acho que é sua cara. Um Template com Atitude. Queria que desse uma olhada http://masserato.blogspot.com e me falasse o que achou. Não consegui achar um campo de contato no seu blog por isso postei aqui.

Marcelo
Beijos

luzdeluma disse...

Iara, conheço bastante gente como você. Acho que é um sinal de independência afetiva. Lógico que de vez em quando surgem carências. Por outro lado a socialização também é um exercício, se você deixa de praticá-lo, ele atrofia. Penso que deva ter um equilíbrio, não é saudável querer o tempo todo estar sozinha, apesar de que, hoje em dia, mesmo que desejamos estar sozinhos, isto é quase impossível.
Quanto aos amores, isto acontece quando menos se espera. Beijus

luzdeluma disse...

ou Pode usar Nome/URL (use o htttp://); percebe que tem um 't' a mais? não consegui comentar anteriormente com a minha conta do google. Hum...e a frase que colocou acima Iarinha; blogspot também está escrito errado

Iara disse...

Oi Marcelo...meu email ta la em cima.
obrigada de coração.

Luma: pis é, ficar sozinha ta dificil mesmo, tem gente pra todo canto e isso me assusta.
obrigada, corrigido.

Balinha de Menta disse...

Oi, Miga, tudo bem? Ihhhh.... assim fica difícil, né moça? Pára com isso. Vc está muito nova prá ficar assim. Como vai conhecer um gato lindo dentro de casa? Bem, mas tudo tem sua hora não é mesmo? Não esquenta a cabeça não....passei prá te dar um abraço e dizer que aqui em Sampa está frio que só. Um beijão prá vc!
Beijos, Balinha. Passa no blog quando puder...tchau miga!

mury disse...

Bom...Muito interessante!!!Penso que cada pessoa tem um jeito único de ser...Você tem o seu! Eu também adoro a privacidade e o aconhego do meu lar e de estar sozinha a maior parte das vezes...Porém se chega alguma vizita num momento em que eu queria ficar só...Eu sei que não posso mandar a pessoa embora e nem ser grossa!Não gosto de ser rude com os outros...Bom,ja que a vizita chegou..Penso...Tudo bem!Seja bem vinda!Ainda que vc ingenuamente veio a minha casa,eu vou trata-la bem por isso...E...obrigada por lembrar-se de mim...Ja que veio!Vou aceitar e abrir-lhe um sorriso,tratarei bem,colocarei o papo em dia,bisbilhotarei as novidades...E quando for...Amanhã farei oq planejava...Quanto a sair...Pense que cada um faz oque gosta,talvez você prefira um passeio ao parque,conversar com alguém interessante...Tente sair e encontrar algum lugar de que vc possa pegar gosto.Espero ter ajudado! Bjokas!

Laís disse...

eu sou assim também :O
achei q eu era a única no mundo...

mas sabe as vezes eu me sinto mal por estar só :(
qdo encontro um cara legal logo "enjôo" dele e termino, as vezes acho q eu tenho algum problema asudhausdshda...

Anônimo disse...

Iara, já fui casada. Depois namorei, voltei a ficar com o ex-marido. Tenho um trabalho que me consumia, mas agora estou relaxando e tenho a mesma dificuldade que vc! Não sou da balada, e diz uma amiga minha que crio uma redoma invisível que não deixa ninguém entrar quando estou me divertindo. Mas é isto aí. Não posso fazer nada por ora. Apenas ir ajeitando meu jardim que está ficando florido. Tenho tido várias dificuldades na minha família com saúde, etc... E com bebê, uma prima jovem que se foi, mas de tanto investir em mim estou conseguindo dar a volta por cima e segurar a onda.
Meu futuro parceiro? VAI CHEGAR! NÃO TENHO DÚVIDAS! Bjs guria. Não desanima, mas vai inovando em tudo que puderes.

Postar um comentário

- Regra geral: Bom senso.
- Siga-me no twitter: @iarana.