31/10/2018

Assistencia nao é compra de voto

Eu não me considero alguém de esquerda. Eu apenas não gosto de certas coisas daqueles que se intitulam de direta.


A 1ª delas é achar que assistência social é o que faz o Brasil ir pro buraco porque dao o “peixe” e não a vara de pescar ou algo do tipo.
Coisas do tipo: "nao se pode mais contratar domestica" devido aos direitos trabalhistas.
OU coisa como:
pobre nao quer trabalhar, so quer bolsa familia, como se o valor da bolsa familia fosse um alto salario.
Ou também tem coisas como:
negro nao estuda so quer bolsa de estudos ou cotas.
veja como tudo soa preconceituoso.

Se você tem uma vida onde seu trabalho de propicia renda suficiente pra ter casa, comida, saúde, escola, você é um grande felizardo na vida.
Se você nunca precisou de uma cesta básica ou uma ajuda, parabens, continue assim, so peço a gentileza de nao desmerecer quem precisa, você não sabe como é ruim precisar;

Porque a maioria ganham salario mínimo e quando ganham, mal conseguem comer.
Para estas pessoas o governo precisa assistir, seja na casa própria, Escola, creche, hospital, bolsas de estudos.
Isso quando o cidadão tem o trabalho. Porque se não tiver, então é miséria humana.
Eu por exemplo venho de uma família que vivia na roça, em uma casa feita de palha. Eu fui pra cidade com uns 10 anos porque minha mãe queria que eu estudasse.

Eu trabalhei em casa de família como domestica, eu recebia um pagamento mas longe de ser salario. Naquela epoca empregada nao tinha salario minimo para regular, não tinha ferias de 30 dias, nao tinha fgts, não tive carteira de trabalho.

A minha mãe vivia de lavar roupa, de casa em casa, de migalha em migalha.

Mas eu estudei muito, eu fiz faculdade federal, mas não tinha como sair de uma cidade pequena para a capital, não sem ajuda.
Então o Diretório de estudantes acolhiam pessoas como eu e vários que não tinham como se virar; um alojamento e  refeição. Não era permanente, era o suficiente para os alunos não desistirem no primeiro semestre.  Eu comia nesse alojamento porque nesta época não existia Restaurante Universitário na Faculdade.

Eu fui domestica ate quase a metade da faculdade.
A prefeitura atendia alguns com estágios remunerados, nao era grande coisa, 1/4 do salario minimo.
Mas era o que tinha. Foi assim que sai do serviço domestico e fui para capital.

Eu ia para faculdade a pé, atravessava metade da cidade, o dinheiro era so pra comida e para pagar um quarto.

Eu trabalhei muito, hoje eu não sou rica, mas fiz 2 faculdades, e vou começar uma pos graduação. Não preciso de cesta básica, nao preciso da assistência social. Consigo ter uma vida razoavelmente boa, posso pagar um convenio medico e odontologico, posso ter alguma coisa, longe de ser classe media alta, mas tenho dignidade.

As minhas irmãs precisaram para estudar, seja com cota para negro ou com prouni.
Então aparece um especialista que diz que a "esquerda" compra o voto ecabestrando as pessoas.

Assistir o pobre não é o que faz o Brasil ir pro buraco, assistência não é compra de voto.
Se o Estado conseguir mudar a vida do miserável, do pobre, o rico entra no bolo tambem, porque terá demanda.
Talvez a direita entenda que precisa tirar as pessoas da miséria humana para que mais pessoas consigam o que eu consegui.

Mudar de vida. Ter dignidade.

Creditos da Imagem para Idee-Scheibe Pixabay

Leia Mais ››

25/10/2018

E se o cidadão pudesse utilizar seu FGTS?



E se o FGTS também pudesse ser utilizado em outras tarefas além da casa própria?
- pagar uma faculdade;
- pagar uma pos-graduação; mestrado;
- Fazer um implante odontológico;
- Tratamento obesidade; diabetes; alcoolismo ou drogas;
Eu dei exemplos de situações que melhoram a vida da pessoa e são necessidades que o Governo não consegue atender.
Não tem vagas em todas as Universidades públicas para todos.
O Sus não dispõe de alguns tratamentos como implante odontológico, tratamento para dependentes de drogas e álcool, obesidade morbita.
E se o trabalhador tem um saldo de FGTS? Está precisando para cuidar de sua saúde, não um caso de estágio terminal, mas se o cidadão tem 120kg ele pode se tratar com medicação e o medico endócrino, ele não terá chances de infarto fulminante.
Há anos eu sonho com a possibilidade de fazer implante odontológico, porque perdi dentes ainda muito jovem com menos de 15 anos, mas são tratamentos muito caros.
Hoje eu “vendi” a alma a uma clínica e daqui há um tempo poderei fazer.
Mas e seu pudesse usar meu saldo de FGTS??
Eu não consigo ter casa própria agora, 90% das pessoas não tem acesso a obras de casas populares do Governo.
Por que não um decreto onde o trabalhador possa usar o seu fgts para cuidar de sua saúde e educação??
O que vocês acham??

Leia Mais ››

15/10/2018

Por que não se pode votar em qualquer cidade?

E aí gente!! já que estamos em tempos eleitorais, vamos falar de um assunto que anda tomando conta dos debates: - Urna Eletrônica.

Eu fico pensando comigo, se as eleições são feitas por urna eletrônica, é computadorizado, é digital, é feito com biometria, então me diz por que necessariamente eu preciso votar na zona e seção que sou cadastrada?


Se colocar minha digital no aparelho biométrico automaticamente mostrará minha seção e zona correto? Então automaticamente é só computar meu voto para aquela seção/zona. Assim não há necessidade da pessoa que não esta na sua cidade não poder votar.
Sério qual necessidade tem?

Não considero voto em cédula de papel mais transparente ou com menos risco de fraude, acho ate pior porque para alguém contar um voto errado é 2 passos, ou no caso sumir uma urna é muito fácil em se tratando de Brasil.

Diante disto, você confia na urna eletrônica?  Eu confio desconfiando muito. Penso assim, o candidato pode não saber em quem eu votei, mas ele pode ter acesso a quem votou nele e saberá que eu não votei, alguem discorda?

Outro item, por que motivo não se pode imprimir o voto? Pode ser naqueles papeis tipo bobina de cupom fiscal, hein??

Ate outro dia.
Leia Mais ››

05/07/2018

O maior rival do Brasil é o brasileiro

Ha uma necessidade muito exorbitante da midia e seus seguidores defender a seleção brasileira, o Neymar, o Tite e tudo mais.
Creditos: site da cbf

Eu sou da época que time não precisa de defesa jornalística, precisa de vencer e vencer com categoria.
Acho que a Seleção brasileira perdeu um precioso tempo de criar um laço mais afetivo com seu povo, com sua nação.
O time de Tite se enclausurou em Teresopolis, nao viajou pelo nosso país, não prestigiou o futebol nacional, não criou laços com o povo, fez um unico e tumultuado treino para o público.
É uma Seleção que seus jogadores estao e sao longe do seu publico.
É estranho sentir um patriotismo que parece nao existir mais.
Acho que ninguem entendeu ainda, este país viu sua Seleção levar 7 gols de uma Alemanha dentro de sua casa, na copa do mundo dentro de seu próprio país.
O maior rival do Brasil é o brasileiro.
Leia Mais ››