4.07.2009

Da serie 'as coisas que eu odeio'

12

Eu odeio ligar para algum setor e ficar ouvindo aquela musiquinha o tempo todo e nego me mandar pra não sei quantos setores, pior, eu ter que relatar o problema pra cada pessoa que atente.
Eu odeio, quando estou tranquilamente deitada em minha cama, num domingo e chega parente sem avisar e eu tenho que fazer as ‘honras da casa’ !
Eu odeio lavar panela de leite depois de uma semana de uso.
Odeio quando me contam a historia do filme antes de e vê-lo, pior! Quando conversam enquanto estou vendo um filme.
Odeio quando cidadão me pergunta “onde você estava”? ou ainda “onde você vai?” porra eu tenho quase 30 anos, isso me irrita tanto que dou uma má resposta ou ignoro logo.
Detesto quando olham pra mim e diz: ‘você precisa parar de comer e fazer exercícios físicos’, dá vontade de mandar comer folha de capim.
Já que é pra falar: Porque pessoas têm mania de dizer no MSN: oi tudo bem com você?” se na verdade não ta nem aí com a vida do outro? É só um clichê.
Pra piorar as coisas, tem gente que adora se meter numa conversa que não foi chamado, só pra palpitar mesmo, eu detestoooooo!!
Ok, falta pouco tempo pra você ir embora e gente que se acha chefe vem com uma pilha de coisas pra você fazer.
Eu também odeio com todas as minhas garras, quando me despertam cedo, ou melhor, quando me acordam forçadamente, eu demoro a dormir, mas quando me deito viro uma pedra, se me acordam derrepente, fico assustada.
Odeio neguinho ficar
#Prontofalei!

12 comentários:

  1. Náo concordo com a 7. Quando eu pergunto, é pra saber... afinal, náo dormimos juntos!

    ResponderExcluir
  2. Oi tudo bem? Como vai você? rsrs

    Eu também não concordo com a 7. Concordo com o Adão Braga.Se pergunto é porque realmente me importo com a pessoa,senão nem pergunto nada. :)

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Oi, lindinha! Tudo bem? :)
    Sabe que eu imagino que você teve que fazer um esforço enorme para fazer essa listinha? A gente pode não gostar de muita coisa, mas odiar, odiar... são poucas.

    beijinhos, querida.

    ResponderExcluir
  4. Faltou você dizer tambem que odeia blogueiro que só fala em política - é só no que eu falo :)

    Sabe porque eu disse isso? Faz um tempão que você não vai lá em casa...

    Mas eu entendo. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Quem é o ser humano que gosta de ser "mandado de lá pra cá" nesses telemarketings? rsrs. Bjus.

    http://contesta-acao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. kkkk... faz tempo que não passo aqui, mas amei ter lido os seus "odeio".

    bj

    ResponderExcluir
  7. A musiquinha não é nada perto de uma atendente virtual que não entende o que vc fala e fic repetindo "não entendi, fale pausadamente o que deseja".
    e a 7° concordo com o adão, eu pergunto quando realmente me importo, e eu sempre me importo quando estou on, rsrsrsrsrs

    bjs

    ResponderExcluir
  8. hi..dear, beauty blog here..thanks for add my link...i hope everything ok with you there..regards from indonesia.

    http://free-7.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi amiga, voltando ao Memories (principalmente), e revendo as amizades. Feliz Páscoa by the way! bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi Iara! To passando pra lhe desejar Feliz Páscoa.
    Olha só! Eu também odeio telemarketings... eu odeio a Telefônica!!!
    Bjks

    ResponderExcluir
  11. Eu odeio quando dizemos "eu odeio", principalmente ouvir os "eu odeio" dos outros.

    O mundo não seria melhor se trocássemos essa expressões (esse botar pra fora) por "eu amo" ou "eu adoro" ou "eu gosto" ???

    Sou a favor de trocar o "NÃOismo" pelo "SIMismo", dizer frases acertivamente em vez de negativamente, dizer o mesmo com outras palavras (até opostas) do que ser negativista.

    Para tudo há sempre a possibilidade de um olhar diferente, por outro prisma, outro ângulo, outro ponto-de-vista.

    A propósito, nem tenho seu MSN!... Se tivesse, acho que você me odiaria! :-(

    ResponderExcluir
  12. Iara,

    Onde fica a privacidade das pessoas?
    Eu não gosto que mexam nas minhas gavetas, também não fico mexendo nas gavetas dos outros, mesmo que sejam de parentes que morem na mesma casa e haja convívio harmônico.
    Se eles têm, são felizardos, conseguiram, você deu/forneceu.
    Se não fez o mesmo comigo, penso que não deseja ser importunada por mim, perguntando como vai você, mesmo sendo sincero...
    Se me passar seu contato (não achei no seu blog), ficarei feliz em adicioná-la entre os meus.

    ResponderExcluir

- Regra geral: Bom senso.
- Siga-me no twitter: @iarana.